quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Manaus entregue aos porcos!

Esse semana eu me senti envergonhada, como nunca havia sentido, do grupinho político que existe em Manaus. Abaixo está o texto divinamente produzido por Ismael Benigno, sobre o que está acontecendo naquela cidade.

O cidadão Manauara, pra ser bom, precisa ficar calado. Precisa engolir seco, por exemplo, a Taxa do Lixo. Mais um imposto aprovado por vereadores da base aliada do senhor Amazonino Mendes.

O cidadão que fala, é perseguido, exposto, caluniado, difamado por aqueles aliados que possuem o poder da mídia e da manipulação nas mãos.

O cidadão que trabalha e que depende da "boa vontade" desse grupinho político pra continuar trabalhado, recebe ligações anônimas de ameaça durante a madrugada, como por exemplo, os empresários de outdoors da cidade.

A cidadã Bianca Abinader, médica, concursada, que nunca sequer faltou um dia de trabalho, vê seu nome sendo chafurdado por conta de perseguição política, desse grupinho aí, que está no poder.

E quando a gente pensa que já viu de tudo, percebe que quase toda nossa imprensa Manauara, com raríssimas exceções, é da mesma laia dos porcos.

É de doer! É de desiludir!

Forma-se um vício: Amazonino no poder, imprensa comprada, bandidos como formadores de opinião, população miserável, discursos demagogos, perseguição política e eleitores burros, alienados.

Senhor Amazonino Mendes e seu grupinho de porcos: A minha Manaus, aquela da Praça da Polícia cheia de crianças nos fins de semana (que hj é cheia de camelôs), da Praça São Sebastião cheia de turistas maravilhados (com medo de trombadinhas), da cidade próspera (pra quem é corrupto), do 4º, hoje 5º maior PIB do Brasil (mas com um dos piores índices de qualidade de vida do Brasil), da melhor frota de ônibus do Brasil (que hoje vivem abarrotados, capengas) não merece vocês!

Manaus, se o teu caboclo fosse europeu, já teria te abandonado!

24 comentários:

Adriana disse...

Até pra quem é caboco é difícil de aguentar!

Léia disse...

Há controvérsias sobre a história da excelentíssima dra...

Larissa disse...

Então me diga a sua versão, fique a vontade aqui!

Léia disse...

Há alguns meses precisei fazer uma pesquisa in loco sobre saúde do idoso e, por conta disso, aplicar formulários para usuários das famosas "casinhas". A situação relatada que, por mero acaso, teve como foco a pessoa da Dra. Bianca é uma constante nestes locais. Quem sofre não é o médico que continua ganhando seu rico dinheirinho, mas a população que, sem atendimento médico, passa mal e sequer tem com quem contar. Se vc me perguntar, este é um puta cabide de emprego. Mais de 600 pessoas entrevistadas em pesquisa acadêmica, sem cunho político algum, não poderiam estar mentindo, não acha? O discurso de ausência e descaso por falta de médico foi bastante significativo...

Larissa disse...

Não sabia que Dra Bianca Abinader era geriatra. E não entendi bem sua pesquisa, vc recentemente pesquisou sobre saúde do idoso com foco na Dra Bianca?

Léia disse...

:) Às vezes necessário explicar se faz. Em momento algum eu disse que meu "foco" foi a dra ou qualquer médico e, sim, o serviço das "casinhas". Sequer sei quem é esta pessoa, mas sei que durante os meses de minha pesquisa sobre idosos, até porque não sou cega ou surda e pude observar o que ali acontecia, percebi que são os pacientes que ficam à mercê da sorte. Ou, como muitos deles costumavam dizer, "como Deus quer". Se vc disser que acredita que os médicos cumprem seus horários fielmente, te mando o número do Coelhinho da Páscoa. :)

Larissa disse...

"A situação relatada que, por mero acaso, teve como foco a pessoa da Dra. Bianca é uma constante nestes locais."

"Sequer sei quem é esta pessoa, mas sei que durante os meses de minha pesquisa sobre idosos, [].. percebi que são os pacientes que ficam à mercê da sorte."

"Há controvérsias sobre a história da excelentíssima dra..."

Bom, Léa, se sua pesquisa comprovou que as pessoas sofre com a deficiencia no atendimento das casinhas. Ok. Só queria saber, o que a história da Dra Bianca tem com a sua pesquisa, e o motivo de vc dizer que há controversias sobre a história dela. Era isso que eu queria entender, pois como já foi dito, e a Dra, tem documentos em mãos provando, ela nunca faltou um dia sequer de trabalho. E sempre atendeu seus pacientes, sempre agendados.
Onde está a controvérsia nisto?

Larissa disse...

Nós não estamos falando sobre a denúncia da falta de médicos nas casinhas. Estamos falando da exposição injusta que a Dra Bianca sofreu, ao ser comparada com médicos que não cumprem o seu dever, por mera perseguição política.

Léia disse...

Creio que temos entendimentos diferentes sobre a matéria em questão. Para mim, soou como denúncia de que os médicos das casinhas fazem isso com frequência e, sei lá por qual motivo (o que também pouco me interessa, pra ser sincera), teve como personagem a Dra Bianca. Você já passou em frente a alguma casinha? Aliás, cumpre destacar que muitos que entraram de cabeça defendendo a pessoa e não questionando o problema também não sabem ao menos o que é "casinha" e o que este tipo de serviço pode(ria) significar para a população menos favorecida. Fico pasma ouvindo e lendo tanta gente defendendo a Dra, mas ninguém fala pelos pacientes, entende? Como disse, nada tenho e nem ao menos sei quem é esta pessoa, mas conheço a realidade de indivíduos que, tolamente, acham que estes médicos estão ali para lhes prestar favor. Eles são pagos para isso. Simples assim. Ninguém os obrigou, ninguém os obriga e se eles preferem os consultórios particulares, que assim seja. Qual o mal disso?

Larissa disse...

Agora vc se fez entender, Léia. Eu acho válida sim a preocupação com os médicos faltosos e a população carente das casinhas. Só que, a rádio CBN Manaus, ao fazer uma matéria sobre o serviço prestado nesse setor, caluniou e difamou uima profissional, que como poucos, cumpre o seu dever. Que atende a comunidade carente daquela região e que nunca faltou um dia de seu trabalho. A injustiça está aí.
Se outros médicos nao fazem seu trabalho, que o nome deles venham a público, e não de uma profissional como a Dra Bianca, que vem sendo perseguida por ter encabeçado um manifesto contra a Taxa do Lixo em Manaus.
É isso.

Pink disse...

Estamos correndo um sério risco de dispersar o discurso principal - esposição injusta e criminosa de uma cidadã que trabalha pro Estado por pura perseguição política - em função de um outro discurso secundário (se ela é assídua ou não).

Se a Drª Bianca não é uma profissional ideal (e, francamente, quem é?) é informação que não deve nem mesmo ser cogitada na sua defesa - porque simplesmente não faz diferença neste caso, criando ruído desnecessário.

Porque mesmo que ela fosse uma médica escrota e negligente (e se ela o é, que os interessados se manifestem corretamente, dentro da lei, em fórum adequado), o que estão fazendo com ela continua injusto e criminoso.

Errou a defesa que dispersou seu próprio discurso.

Pink disse...

Onde se lê:

esposição injusta e criminosa de uma cidadã que trabalha pro Estado por pura perseguição política

que se leia:

perseguição injusta e crimonosa, de puro cunho político, de uma cidadá que trabalha pro Estado

Léia disse...

Pink, querido, depois de seu comentário fiz uma breve pesquisa sobre a citada pessoa. Lembrei... Esposa de nosso ex-colega de FPF. Bom, mantenho minha opinião e torço para que este episódio leve mais médicos sérios e comprometidos a cumprirem seus expedientes. Mas opinião é como digital, não? Cada qual tem a sua... Que graça teria se fosse diferente? Beijoca procê! Hora da bóia.

Carolina Coelho disse...

Só uma pessoa com pouca intimidade com as questões políticas da cidade, entendeu que tratava-se de uma denúncia contra médicos faltosos no atendimento nas casinhas (que de fato, existe). Para os que se mantem minimamente informados e usam a internet para coisas mais úteis que orkut, ficou muito clara a tentativa de intimidação e calúnia de uma cidadã comum. Se ela é uma péssima profissional como o jornalista afirmou ser, existem meios legais de solicitar sindicâncias (o que ele também sabe). Infelizmente, a maioria das pessoas que escuta as matérias porcas que este senhor faz, são pessoas que vivem em um mundinho muito pequeno. E com elas não vale a pena discutir. Além do mais elas nunca irão sequer se imaginar passando por uma situação parecida com a que a Dra. Bianca (e eu tb) passaram. E sabe porque? Pq não são cidadãos, são gado. pois gado, bois, vacas... eles não perguntam nem questionam nada, apenas seguem com a boiada.
Ah, Larissa, antes que me esqueça: Parabéns pelo post. Vc, mesmo longe de Manaus, deixa claro que continua cidadã daqui e se mantem bem informada dos fatos. Talvez muita gente que fez comentário sequer ouça a CBN... se ouvissem diariamente como eu ouço, talvez tivessem tido outro entendimento.

Carolina Coelho disse...

Só uma pessoa com pouca intimidade com as questões políticas da cidade, entendeu que tratava-se de uma denúncia contra médicos faltosos no atendimento nas casinhas (que de fato, existe). Para os que se mantem minimamente informados e usam a internet para coisas mais úteis que orkut, ficou muito clara a tentativa de intimidação e calúnia de uma cidadã comum. Se ela é uma péssima profissional como o jornalista afirmou ser, existem meios legais de solicitar sindicâncias (o que ele também sabe). Infelizmente, a maioria das pessoas que escuta as matérias porcas que este senhor faz, são pessoas que vivem em um mundinho muito pequeno. E com elas não vale a pena discutir. Além do mais elas nunca irão sequer se imaginar passando por uma situação parecida com a que a Dra. Bianca (e eu tb) passaram. E sabe porque? Pq não são cidadãos, são gado. pois gado, bois, vacas... eles não perguntam nem questionam nada, apenas seguem com a boiada.
Ah, Larissa, antes que me esqueça: Parabéns pelo post. Vc, mesmo longe de Manaus, deixa claro que continua cidadã daqui e se mantem bem informada dos fatos. Talvez muita gente que fez comentário sequer ouça a CBN... se ouvissem diariamente como eu ouço, talvez tivessem tido outro entendimento.

Léia disse...

Minha nossa! Até as meninas da Cadeia Pública são mais gentis em seus comentários. Licencinha que vou "mugir" em outras paragens. :) Boa sorte a vocês, profissionais das casinhas! Mas não esqueçam do livrinho de ponto. Beijocas!

Pink disse...

E então, a defesa, no afã de tentar abafar uma opinião contrária (que foi emitida usando um gancho que ela mesma fez a besteira de soltar) decide usar métodos não muito diferentes (guardadas as devidas proporões de escala, influência política e cultura cívica) num contra ataque que, francamente, além de inútil dispersa ainda mais o discurso principal de defesa da cidadã Bianca Abinader.

A opinião contrária em questão apenas questionou uma informação do post (direito dela, e lembrando que a defesa tocou no assunto, abrindo as portas para esta crítica).

Eu opinei que a crítica em questão não era relevante no caso exposto - numa tentativa de focar o problema no que interessa: a integridade moral da cidadã Bianca Abinader que está sendo usada como bucha de canhão para intimidar quem exerce seu direito de se opor às decisões de uma certa (sub?)casta política desta cidade.

(Se ela é médica, e se cumpre suas obrigações exemplarmente, não interessa! Ou alguém aqui deseja passar a impressão de que a Dra. Bianca Abinader, por ser médica, é mais cidadã que o gari da esquina e que, se o problema fosse com este último, o caso seria menos hediondo?)

E agora, parte da defesa acha uma boa idéia ofender quem mordeu a isca da própria defesa e emitiu uma opinião que é sim sobre um problema relevante, só que em outro contexto.

(Em tempo, eu conheço a Léia pessoalmente e digo que mentirosa e incompetente ela não é! Não estou dizendo que ela está certa - eu não tenho informações para afirmar isto ou aquilo - estou dizendo que ela está opinando de boa fé.)

Sinceramente, gente, se o Ronaldo Tiradentes ler estes comentários, dormirá sorridente (pun not intended).

Ofender quem optou por acreditar na versão da CBN (ou simplesmente tocar num assunto incômodo) não faz nada para melhorar a situação da Dra. Bianca Abinader - pelo contrário, promove a má-vontade para com o caso dela.

Ela merece uma defesa melhor.

Podemos, por gentileza, aceitarmos que devemos respeitar toda e qualquer opinião, de quem quer que seja, desde que seja válida ou pelo menos verossímil?

Que tal atacar as idéias, e não as pessoas (método preferencial do adversário, diga-se de passagem)?

As pessoas que preferiram acreditar na versão da CBN serão mais facilmente convertidas à causa da Dra. Bianca Abinader se não forem chamadas de gado, bois, vacas e acusadas de viverem num mundinho pequeno e medíocre - mesmo nos casos em que isto for verdade.

(Muuu pra você também, Léia :) - desculpe ter contribuído nisso)

F5 disse...

Incrível como as pessoas são tão egoístas. Essa sra. Léia pouca se importa com a médica que cumpre seu papel e é alvo de uma artimanha política do monoglota tiradentes. Vá ver se fosse o nome dela que tivesse sendo maculado em um meio de comunicação talvez ela se importasse, mas pimenta... sempre vai ser refresco... Parabéns Dona Léia pelo belo exemplo...

Voltando ao assunto tema, quero apenas dizer que essa é apenas mais uma das milhares de intimidações que o Alferes costuma fazer, chega a ser vergonhoso, realmente o cidadão manauENSE precisa ficar calado e conviver com tudo isso...

Mas vamos esperar os próximos capítulos, creio que algumas coisas irão inverter de figura, mesmo pq ainda tem aquela história de pedofilia que ainda não findou, mas vamos esperar!!!

À dra. Bianca, minha condolência e a mensagem: Fique tranqüila e não se deixe abalar pela ação de um medíocre que mais cedo ou mais tarde terá a punição que merece!!!

Pink disse...

(sigh)

Boa sorte, Dra. Bianca Abinader. Se houver muitos "amigos" como estes lhe defendendo, seus inimigos terão bem pouca dor de cabeça para conseguirem o que querem.

Anyway, sou um egoista esclarecido: para quem não entendeu a "pegadinda" do nome do post, leiam "A Revolução dos Bichos", de Geroge Orwel. A metáfora foi simplesmente perfeira, quase profétia pelo que vi nestes poucos posts.

Parabéns, Larissa! =)

Voltando ao mundo real, sugiro à cidadá Dra. Bianca Abinader não ficar tranqüila, porque meídíocre ou não, o cara é um cachorro louco e cachorros loucos são perigosos. Que se refugie na segurança de sua família e amigos (e, sinceramente, nos conselhos de um bom advogado com conhecimentos de relações públicas, que é onde ocorrerá o verdadeiro embate).

Minha opinião é que a defesa (se existir) da Dra. Bianca Abinader tem que ocorrer em paralelo com a da cidadã Bianca Abinader. Se misturarmos tudo, podemos até salvar a "Dra", mas a "cidadã" será sacrificada em altar público em louvor aos porcos que usam roupas de humanos. (Leiam o livro, sim? É um bom livro!)

Neste momento, além dos políticos do lixo, a cidadã Bianca Abinader têm contra si também os médicos de lixo (aqueles que não cumprem seus horários, mas recebem como se cumprissem). É do maior interesse destes que a Dra. Bianca Abinader seja imolada em praça pública, o que dará à população, despreparada e alienada, a sensação de que "o problema foi resolvido", mantendo o status quo - que, neste momento, é tudo o que interessa à eles.

Vai sim haver uma caça às bruxas - a população assim o exige (quando foi diferente?).

De forma que o cachorro pode ser louco, mas não é burro.

Será uma briga formidável, Bianca, e sinto muito que isto esteja ocorrendo num momento tão delicado de sua vida.

Como cidadão, deselho-lhe justiça.

Pense carinhosamente na hipótese de uma defesa coordenada e orientada por um bom advogado. Alguns de seus amigos, no afã de protegê-la, vão acabar transformando isto numa luta de classes (leiam o livrinho, pelamordedeus).

Larissa disse...

Engraçado, que depois de mais de 50 anos que o livro foi feito, ele ainda se encaixa perfeitamente em nossos tempos!

"Não se sabe mais quem é humano ou porco, porco ou humano, se torna praticamente impossível distinguir!"

Anônimo disse...

Me espanta a ingenuidade da Sra Léia.

Anônimo disse...

Sou "CURIOSO" e nem tenho direito a menção das minhas opiniões, mas convenhamos: Manaus está muito mal atendida em todos os sentidos desde há muito tempo!!!
Salvo algumas poucas coisas boas, que ai estão e todos veem temos que nos preocupar de verdade com a imagem que a cidade vais apresentar em 2014.

"CURIOSO ATENTO"

Daniel Rezende disse...

É incrível como todos os problemas de saúde são culpa do médico. Já que o médico é tão FDP assim que tal criarmos uma nova profissão para tratar da saúde do nosso povo? Afinal o interesse do nosso governo em oferecer saúde para os cidadãos é notório e esses profissionais estão interferindo. Os comentários dessa Sra Léia são de uma estupidez suplantada somente pela estupidez de outros que pensam ou fazem pensar como ela. Enquanto isso a mídia marrom mostra como consegue dispersar a atenção à verdade: perseguição política muito mal disfarçada. Parabéns pelo blog e a delicadeza e paciência em responder aos comentários.

Loba Vermelha disse...

Não sei vcs, mas eu não vivo de passado. Além do mais, só tem opinião quem pensa. Boa sorte!