quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Retrospectiva 2008

Ano difícil, mas com saldo BEM positivo.

Carnaval num sítio cheio de vaquinhas e galinhas. Jogando buraco, poker, bebendo cerveja, vinho, uísque num clima estranho: quando alguma nuvem cobria o sol, fazia um frio de correr e vestir a jaqueta... assim que a nuvem passava, vinha UM calor... coisa de doido! :)

Brigas de março, que se estenderam até junho, quando viajei de mala e cuia pra Manaus. Revi minhas amigas queridas, minha família, minha casa, comi um tambaqui assado no meio do Rio Negro, no barco da minha amiga Rachel, contemplando aquela paisagem fantástica, com direito a um alozinho de uns botos... valeu a viagem!



De volta a BH. Uma nova chance pros dois. A terapia e o Citalopran dele nos fizeram bem mais felizes. Mesmo. Cursinho, gatinho novo, computador novo, sofá novo, escrivaninha nova, máquina digital nova, artesanato, aulas de culinária. Siiim, agora eu cozinho bem, sim senhor!

Duas visitas à delegacia. A primeira por um assalto e outra por furto, ambos aconteceram com colegas.
Lição:
  1. A região hospitar é bem perigosa.
  2. Nunca deixe sua bolsa pendurada na parte de trás da cadeira, principalmente se nela estiver 600 reais, ainda mais com vendedores ambulantes por perto.
  3. Como policial é lerdo com computadores... credo!

Meu gato que me cai (de novo) em plena madrugada da minha janela da copa pro telhado (que é feito de um material que eu não sei o nome, mas é mole e barulhento) do vizinho debaixo: um pé no saco e criador de caso.
Jogamos uma escada pelo basculante e ele só subiu depois de mais ou menos 1 hora de muito miado, barulho, choro e aproximadamente 10 minutos depois da promessa... MILAGROSAMENTE ninguém acordou.

É, eu fiz uma promessa. Disse que se ele subisse naquela @$##@$#@#%%#$ de escada eu ia doar 50 reais pras vítimas de Santa Catarina. Tem alguém lá em cima que força muito a barra comigo...


No finalzinho do segundo tempo, passo num concurso, começo a minha terapia e consegui, através do mercado negro, uma coisinha que é um segredinho meu e que pretendo que faça parte da minha vida durante todo o ano de 2009.

Lições do ano:

Eu não consigo viver longe do Kiko.
Eu nem sempre tenho razão.
O Kiko geralmente não tem razão.
O aspirador de pó é meu amigo.
Cozinhar não é chato.
Artesanato vicia.
Se eu posso, eu consigo, independente de qualquer dificuldade que venha acontecer (calma, minha terapeuta e eu estamos trabalhando nisso!)
O Brasil é mesmo o país da impunidade. (Sim, eu tinha esperanças!)
Ana Maria Braga tem pacto com o cramunhão.


Enfim, como disse, um ano que foi difícil, mas que está terminando muito bem.. e nada como terminar um ano bem pra começar um outro MELHOR ainda!


*Troco de layout como eu troco de roupa... hehehehe... na verdade ainda não encontrei um que me "complete"... por enquanto, o da Amelie está vigorando! :)

2 comentários:

Wagner disse...

ah eu tb troco bastante o layout, viu... mas o seu está ficando cada vez melhor! =D

Lila Rose disse...

O layout está otima e a retrospectiva foi boa. Eu também termino o ano com saldo positivo, graças ao bom Deus e ao meu esforço, é claro!

Que venha 2009!!!

Bisous.