sexta-feira, 18 de julho de 2008

Dominguinhos - De Volta Pro Meu Aconchego E Gostoso de Mais

Dia 10 de julho, se minha mãe estivesse viva, ela estaria completando 65 anos. Do jeito que as coisas andavam, ela provavelmente estaria com a cabeleira toda branquinha, hehehehe...
Inteligente, honesta, determinada, muito alegre! Tinha prazer em cuidar de seu jardim , de sua casa e de suas filhas.
Adorava músicas, aliás, era uma das características dela. Ela vivia cantando. Seu gosto musical era Luiz Gonzaga, Zé Ramalho, Elba Ramalho, Gonzaguinha, Dominguinhos e Chico Buarque.
Ela também dava uma de modernosa e cantava musiquinhas da moda.

Tinha também um bom papo, conversas longas que adentravam a madrugada. As que eu mais gostava eram as histórias de sua infância, e também sobre os vários fatos engraçados que aconteceram ao longo de sua vida. Eu sinto muitas saudades.

Saudades que me fazem sentir culpada por não ter aproveitado mais meu tempo com ela. A gente nunca espera por uma partida prematura.

Poderia ter ficado mais e casa nos finais de semana vendo TV com ela. Poderia não ter nunca na minha vida brigado com ela. Poderia tê-la beijado todos os dias de sua vida, em vez de fazer de vez em quando. Poderia dizer que a amo até ela não agüentar mais. Poderia ter deitado na cama dela e apertar, beijar, fazer cosquinhas mais vezes.

Enfim.. mas foi bom. O suficiente pra eu sentir saudades pelo resto da minha vida.


A primeira música é a cara dela. A segunda é a minha cara na falta dela.



Bjs.


Nenhum comentário: