quinta-feira, 6 de março de 2008

Que amor é esse?

Hoje foi um dia daqueles! Daqueles que a gente chora, berra, sente raiva, desprezo, se sente desprezada, sozinha, desamparada, injustiçada, despedaçada, largada, sem amor próprio, com amor próprio, que aliás, se esvai num piscar de olhos.. e que VOLTA novamente... tempo suficiente pra nos dar forças e falar boas verdades! Pra arrumar as malas, respirar fundo e ter coragem pra enfrentar o que vem por aí.

Amor? Não acredito nesse amor doente, que no fundo, nunca existiu, não existe amor doente. Amores são fortes suficientes para agüentar qualquer pressão, qualquer crise. Amor é bonito! Eu nem pedi demais, só queria um amor que me entendesse, me compreendesse, paciente.

Amor ganancioso (no mal sentido da palavra). Esse eu não quero. Não quero um amor que é egoísta, onde pronomes possessivos aparecem "esfregados" nas conversas. Onde um pacote de pão, trabalhado e suado, é insistentemente contado. Amor ganancioso, apressando, inconstante.

Ah amor inconstante.. não quero também. Ora ama, ora odeia, ora é indiferente, ora morre de saudades, ora ri e chora... ora é um trator acabando com o que tiver pela frente.

Amor injusto, não quero! Aquele amor que não enxerga nossas qualidades, nossas melhoras, nossos progressos, simplesmente não vê e diz que não existem.

Amor maldoso, nem morta! O amor maldoso maldiz o que você fala, maldiz seus atos, maldiz um simples sorriso, maldiz você inteira! Você passa a não servir, porque o amor maldoso maldiz tanto que você se transforma num ser maldito, que vai acabar com a vida de quem você acompanhar.

Amor desleal... esse é o pior de todos. É aquele amor que faz você acreditar que a vida é bela, que o amor existe e que estava presente. Até um dia.. pasmem.. o amor lhe falar que tudo não passou de um desastrado e monstruoso engano.

Contrário que eu disse post abaixo, eu me mereço sim.. eu posso ser o que eu quiser. Se Deus me permitir viver.. tenho MUITO chão pela frente. Muita história pra esquecer, muita mágoa pra superar, muito choro pra sair e mais um avião pra pegar...

.

Agüenta mulher!! Não cai!

.

2 comentários:

Amélia disse...

Oi Lara, vc esta bem? Menina acabei de descobrir esse blog xeretando teu orkut ehehehe
beijosssssssssssss

Helena disse...

Cair? Até pode filha mas a gente LEVANTA!! O mundo desabada? SIM!!!! Mas vc LEVANTA reconstroi tudo de novo!! E eu vou estar SEMPRE, SEMPRE DO SEU LADO!