quinta-feira, 13 de março de 2008

Pitchu - o esquisito.

Esse é o Pitchu. Um gato esquisito. Ele não sabe miar... emite uns sons esquisitos, uns gemidos estranhos para se comunicar.

Não que seja um problema pra ele, acho que ele nem liga pra isso. Vai ver que pensa que não é gato.



Ele nos acorda todos os dias de manhã, inclusive domingo. Sobe na cama e com o focinho cutuca nossos narizes, nossas mãos ou puxa nosso cabelo com os dentes. Quando não dorme no quarto, fica gemendo na porta. Sim, ele é chato desse jeito! :)

Ele não resiste a um carinho na barriga. Ele é gordo, peludo e gostoso. É um vira-lata, filho de siamês com gato persa, tem um corpo esquisito, uma cara esquisita. Todo esquisito!
Foi castrado desde pequeno, ainda bem, pois é muito invocadinho. Não sabe brincar com os outros gatos! Sempre carrega as bolinhas de papel na boca rosnando se alguém chegar perto. Quer brincar sozinho. Os outros, bocós, não fazem nada.
A única brincadeira sociável dele, é aquela que os gatos correm pra todo lado, aquela que dá susto na gente. De repente, tem um gato correndo no meio das suas pernas! Adoro!

Depois eu apresento os bocós. Por hj é só.

Bjs.
.

2 comentários:

Luilton disse...

Puxa vida... adoro gatos doidos.

Faz um vídeo desse miado dele e coloca no blog, por favor.

Um abraço!

Luilton disse...

Puxa vida... adoro gatos doidos.

Faz um vídeo desse miado dele e coloca no blog, por favor.

Um abraço!