segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Ó pá!

,

Dia desses estava lendo sobre a origem dos sobrenomes (aquilo que muita gente iguala à conta bancária do indivíduo) e descobri que é mito o fato de sobrenomes oriundos de nomes de árvores e animais portugueses sejam de cristãos-novos.

Muitos dos sobrenomes que existem no Brasil hoje vieram com os portugueses durante a colonização. Os indivíduos preservavam seu nome original e ganhavam o sobrenome de acordo com sua origem: Joaquim Lisboa, João Braga, José Barcelos, Manoel Souza, etc. Alguém viu O Poderoso Chefão II? De onde vem menino? Carleoni, Itália.. Pronto, Tito Carleone, "registrado".

Tinha os sobrenomes que se referiam a propriedades rurais onde a pessoa se destacava, daí vieram os Pereira, Oliveira, Amoreira.. e as alcunhas, que podiam ser apelidos em relação a aparência: Louro, Moreno, Pequeno; ou por traços de personalidade e aparência física, que incluíam animais: Severo, Bravo, Calvo, Lobo, Leão, Carneiro, etc...

Tinham os correspondentes paternos também: Rodrigues, Fernandes, Àlvares, Domingues...

Quando ocorreu a Inquisição Portuguesa, os judeus portugueses foram obrigados a se converter ao cristianismo na base da "porrada" e foram registrados com nomes e sobrenomes comuns em Portugal, por ex.: Isaac Abravanel, virou "Joaquim Dias".

Eles também tinham o intuito de se esconder da perseguição ferrenha da época e adotaram nomes completamente portugueses. Isso foi constatado quando foram revelados os nomes de judeus condenados pelo Santo Ofício (aqueles que mesmo "convertidos" continuavam praticando a religião escondidos) e perceberam que a maioria tinham nomes completamente portugueses. Interessante, né? Portanto é falsa a afirmação que sobrenomes de animais e árvores são de cristãos novos, é claro que eles poderiam adotar Pinheiro, se quisessem, mas não os caracterizavam.

Algumas pessoas questionavam isso comigo, por causa do meu sobrenome, mas como vou saber se sou de família de critão-novo (e daí? não entendo o interesse coletivo!) se eu mal sei o nome dos meus antepassados, vá lá do povo que viveu na época da inquisição. Sei que Lobo já existia em Portugal desde os anos 1100, bem antes da confusão toda com os judeus...

Então, quem quiser saber, que pesquise por mim... hehehehehe :) Viu, Marcus?

Somos todos brasileiros descendentes de portugueses, índios, negros e judeus, pronto. :)

Fonte: http://www.saudades.org/portugueorigem.html

Nenhum comentário: